Jomasil @

JOMASIL começou a dar os primeiros passos em 1971, quando João Manuel e Silva, na continuidade do ramo do pai, decide construir uma empresa própria, sediada em Cunha, na freguesia de Vilela, Paredes, de onde é natural. A JOMASIL (nome constituído pelas iniciais do responsável) começou com 15 empregados, mas o crescimento sucessivo da empresa levou a uma mudança necessária. Assim, em 1987 foram construídas novas instalações para a sua fábrica, na localidade de Sobrosa, muito mais ampla e a pensar no futuro. Em 1994, surge novamente a necessidade de ampliar as instalações. A procura de móveis aumentara e com isso surgiu a necessidade de dar resposta, ou seja, aumentar o fabrico. A fábrica foi aumentada até 5000m2. Em 2003 procedeu-se novamente ao aumento das instalações para 9000m2 e, com este aumento, foram também modernizados os equipamentos da vasta linha de produção, possibilitando à JOMASIL uma rentabilização mais elevada da produção e da qualidade de fabrico dos seus produtos. Com estas últimas actualizações, a JOMASIL encontra-se preparada para os desafios impostos no mercado Nacional e Internacional, ao nível produtivo. Na JOMASIL trabalham diariamente 56 empregados, repartidos pelas áreas de fabrico, polimento, armazém e escritório, formando uma equipa moderna, dinâmica e eficaz. A produção da JOMASIL baseia-se actualmente em mobiliário contemporâneo, dispondo de uma vasta oferta para o mercado actual e estando presente nas mais variadas exposições de mobiliário em todo o mundo. Com uma mentalidade actual e uma evolução contínua, a JOMASIL é uma referência ao nível da indústria do mobiliário. A modernização e actualização são uma constante, apostando fortemente na qualidade e design dos seus produtos. A JOMASIL pretende estabelecer interacções entre os vários sectores da actividade. Para isso, é necessário definir as funções que cada trabalhador desempenha, optando por uma estrutura funcional (ver organigrama) que divide as funções dos trabalhadores por departamentos de uma forma hierarquizada.